Lingua japonesa - Dicas de ferramentas para ler Kanjis

publicado em 26 de março de 2021
compartilhar

O idioma japonês não é fácil de aprender e dominar. Claro que há vários fatores que influenciam no aprendizado, como descrito em uma matéria da Super Interessante, a motivação é um grande fator, mas mesmo assim cada idioma tem suas particularidades que o fazem ser mais fácil ou difícil de aprender. Na mesma matéria o japonês e classificado como Difícil, principalmente por sua escrita que é muito longe do portuguesa.

Romanji - Katakana - Hiragana - Kanji

No japonês nós temos 4 formas de escrita, segue essas formas e uma breve descrição.

Romanji - que é praticamente o mesmo alfabeto que temos no português. Importante notar que japoneses tem dificuldade em entender Romanji cursivo ou escrita a mão, eles usam a letra de forma.

Hiragana - a forma mais utilizada no japonês sendo utilizado em tudo, nomes, palavras, complementos dos kanjis, furigana (que vamos falar mais a frente).

Katakana - forma muito utilizada para enfatizar o "son" das palavras. Por esse motivo o nome de estrangeiros e palavras de origem estrangeiras são escritos dessa forma, assim aproximando de como se fala.

Kanji - forma mais tradicional do japonês. São utilizados para nomes de pessoas, locais, coisas, palavras em geral e por ai vai. Existem milhares de kanjis, uma único kanji pode ter mais de uma forma de leitura dependendo do contexto e combinação de kanjis, e isso dificulta o seu entendimento. Por isso é um motivo no Japão endereços e nomes, além do kanji, pede-se o furigana.

Furigana

Depois dessa volta, chegamos onde eu queria, furigana! O furigana é um artifício utilizado no japonês, em que se geralmente escreve-se acima do kanji, a forma que se lê tal kanji em hiragana ou katakana, facilitando assim sua leitura.
Como dito anteriormente, em formulários pede-se furigana em endereços e nomes, para assim evitar erros.
Outros lugares que são utilizados são Mangas! No caso de Shonen manga, que tem como público alvo geral crianças e jovens até 18 anos, todos os Kanjis tem furigana, e em Seinen manga, com publico alvo maiores de 18 anos, tem nos kanjis mais complexos. Livros infantojuvenil também utilizam furigana e mesmo jornais utilizam, apesar de no caso de jornais, apenas kanjis menos utilizados, raros, ou muito complexos.

Não é incomum pessoas saberem o idioma japonês mas não saber ler, e nesses casos principalmente procurar informações ou entender um site dificulta muito. Acredito que muitos utilizam Google translate, que é uma ótima ferramenta principalmente no smartphone, mas quero apresentar aqui ferramentas para adicionar Furigana nos sites que estiver navegando.

IPA Furigana - Extensão para Chrome

Essa extensão para o Chrome é muito interessante por causa de suas opções.

Você pode escolher o furigana como hiragana, katakana ou mesmo romaji.

Pode escolher para para funcionar automaticamente, mudar a cor do furigana, o tamanho, fazendo com que seja possível customizar da maneira mais agradável para você.

Link para download - IPA furigana.

Furiganify - Extensão Safari (MacOS)

Esse aqui tem apenas para Mac e funciona no Safari, mas ele tem uma filtragem que é muito bom para quem está estudando japonês.

Você pode filtrar para Ano escolar japonês, JLPT ou nada, veja a diferença.

Com isso você uma idéia de seu próprio nível e também dos pré requisitos do JLPT ou dos níveis escolares no Japão.

Link para download - Furiganify.

Simple Furigana - Aplicativo

Esse aplicativo e do mesmo desenvolvedor do Furinanafy é gratuito e funciona muito bem.

Começando com um ponto negativo, você tem que selecionar o texto, copiar e colar(essa parte pode ser configurada para ser automático), dentro do aplicativo.

Porém uma vez dentro do aplicativo você pode ver o texto no original, transformar tudo em Hiragana ou Romaji, visualizar o texto no modo tradicional japonês na vertical, tem acesso a dicionário das palavras utilizadas e também exportar o resultado nos formatos: MS word .docx, html, pdf ou imagem.

Na minha opinião, apesar de ser mais trabalhoso, esse é um dos melhores por suas opções e possibilidades de exportação.

Link para download - Simple Furigana.

Google Translate - Aplicativo

Esse acredito que não precisa nem apresentação, mas ele está aqui pois eu gosto muito de uma função do aplicativo.

Apesar do modo de traduzir por fotos ser muito bom, a melhor função para na minha opinião é a de reconhecer pela escrita. Veja a foto a seguir:

A medida que você vai tracejando, o sistema vai sugerindo opções do que pode ser kanji. Isso é muito útil quando voce quer saber o que é aquele kanji que ele não reconheceu pela foto, principalmente por não estar legível, muito pequeno, etc.

Uma dica, clicando na engrenagem na esquerda inferior, você pode desligar a inserção automática, deixando assim você escrever com calma.

Link para download - iOS.
Link para download - Android.

Conclusão

Gostaria de lembrar que nenhuma dessas ferramentas oferecem 100% de acurácia, mas isso não atrapalha em nada o seu uso. Mesmo que por exemplo ele ofereça leitura "errado" para uma palavra, pode ser um caso especial de leitura com certas combinações, mas con certeza aquela leitura oferecida, isolada do kanji, estará correta.

Caso você utilize alguma ferramenta aqui não mencionada, compartilhe ai nos comentários!

Categorias
Tags
Por: Clayton Yugue

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Brasileiros de TI no Japão All rights reserved